Cabelo crescer mais rápido 2

 
Antes de mais nada, você precisa saber:
 
Quanto  o fio de cabelo cresce por mês? Até 1,2 cm.
 
O que pode prejudicar o crescimento? São cinco as principais possibilidades, citadas abaixo em ordem decrescente de ocorrência, segundo Valcinir Bedin, dermatologista especialista em cabelos:
 
  • Alterações hormonais decorrentes de ovários policísticos e/ou na glândula tireoide.
  • Alimentação pobre em nutrientes essenciais ao crescimento dos fios.
  • Doenças crônicas, como diabetes e câncer.
  • Aumento da produção sebácea, o que pode levar a uma inflamação no couro cabeludo (dermatite seborreica).
  • Alterações genéticas, como má-formação do folículo capilar. Neste caso, o cabelo não tem força para crescer. Na maioria das vezes, o problema é identificado logo na infância.
 
Como saber se estou com algum problema? Fique atenta à queda e ao afinamento dos fios. "Os indícios de uma queda anormal e frequente das madeixas são: excesso de cabelo no ralo do chuveiro, na escova, na pia do banheiro, no banco do carro, na roupa e na cadeira do trabalho", explica o dermatologista especialista em cabelo Luciano Barsanti.
 
Até 2,4 cm a mais por mês!
 
Os segredos da suplementação que pode fazer seu cabelo crescer duas vezes mais
 
Estimular seus fios a crescerem mais rápido é simples. Basta "nutrir" o bulbo capilar (onde os fios são fabricados).
 
Funciona assim: o bulbo precisa de determinada quantidade vitaminas e minerais para que as madeixas se alonguem na velocidade normal. "Quando aumentamos essa quantidade, aumentamos também a velocidade de crescimento do cabelo", explica o especialista Valcinir Bedin.
 
A saída? Manipular uma medicação com os nutrientes imprescindíveis à saúde dos cabelos. A formulação exata varia de pessoa para pessoa. "Os nutrientes são os mesmos para todo mundo, mas a quantidade de cada um deles depende das carências de cada paciente", diz Valcinir. Ou seja, só um médico pode prescrever a composição certinha para você.
 
Quais nutrientes são esses? Cisteína (aminoácido), vitaminas do complexo B e sais minerais (ferro, zinco, cobre e magnésio).
 
Come que cresce
 
 
O cabelo é reflexo da sua alimentação. Certos nutrientes são essenciais à saúde dos fios
 
Proteínas: o cabelo é constituído quase que unicamente de proteínas. "Elas são a matéria-prima essencial para a formação do fio", afirma o dermatologista Luciano Barsanti.
Onde encontrar: carnes, frango, peixe e ovo.
 
Ferro: o mineral mais importante para os fios. "Ele permite que o cabelo absorva todos os outros nutrientes", explica o dermatologista Valcinir Bedin.
Onde encontrar: carnes, feijão, lentilha e folhas verde-escuras, como espinafre e couve.
 
Enxofre: funciona como antiinflamatório e antifúngico, protegendo o couro cabeludo de infecções.
Onde encontrar: couve, agrião, repolho e couve-flor.
 
Cálcio, selênio, zinco e vitaminas do complexo B : atuam diretamente na multiplicação celular, ou seja, são responsáveis por aumentar a produção e velocidade de crescimento dos fios.
 
Onde encontrar: 
Cálcio: leite e seus derivados.
Selênio: peixes, grãos, carnes, leite.
Zinco: leite, fígado, moluscos, farelo de trigo.
Vitaminas do complexo B: carne de porco, fígado, vísceras, legumes, grãos integrais (vitamina B1); leite e derivados, ovos, vegetais de folhas verdes (vitamina B2); carne de porco, farelo e germe de cereais, leite, gema de ovo, farinha de aveia (vitamina B6); fígado, leite e derivados, carnes, ovos ( vitamina B12).
 
4 atitudes que turbinam os fios
 
 
Pare de fumar
 
"Nicotina reduz o fluxo sanguíneo nos bulbos capilares e interfere na velocidade de crescimento do fio", diz o especialista Barsanti.
 
Banho: só com água morna ou fria
 
"A água quente tira a proteção natural dos fios, prejudicando a saúde do cabelo", diz o dermatologista Valcinir Bedin.
 
Relaxe! O estresse afeta a produção do DHT, hormônio que causa o atrofiamento do bulbo capilar.
 
Não massageie demais o couro cabeludo: a atitude pode prejudicar a saúde do couro cabeludo. A massagem estimula o trabalho das glândulas sebáceas, provocando o acúmulo de gordura ao redor dos fios. "É possível ter uma inflamação chamada dermatite seborreica, de onde se origina a caspa", acrescenta Luciano Barsanti.
 

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!